DRS - DevelopmentAid Recruitment Solutions

Director de Operações

To apply for this job to your existing account or an account for free.
Last update: Apr 15, 2024 Last update: Apr 15, 2024

Details

Deadline: May 6, 2024 Deadline for applications has passed
Location: Mozambique
Job type:Contract, 12 months +
Languages:
English, Portuguese English, Portuguese
Work experience:Min 12 years
Date posted: Apr 15, 2024

Attachments

No documents to display

Description

Job Description

Director de Operações (COO) - Millennium Challenge Account (MCA) – Moçambique

Sobre a MCA - Moçambique

O Governo da República de Moçambique assinou um acordo de cinco anos ("Compacto") com a Millennium Challenge Corporation (''MCC") para financiar programas específicos destinados a reduzir a pobreza e estimular o crescimento económico. A MCC é uma agência do Governo dos Estados Unidos da América que se dedica a ajudar países dedicados à boa governação, liberdade financeira e investimento em pessoas. Uma Entidade Responsável denominada Millennium Challenge Account-Moçambique ("MCA- Moçambique") foi criada e designada pelo Governo da República de Moçambique para implementar o Compacto.

Compacto de Conectividade e Resiliência Costeira de Moçambique

A Millennium Challenge Account - Moçambique, em colaboração com o Governo da República de Moçambique e a Millennium Challenge Corporation do Governo dos Estados Unidos da América, implementa projectos ao abrigo do Compacto de 537,5 milhões de dólares que aborda os desafios de desenvolvimento no país, com um enfoque geográfico na província da Zambézia. O Compacto consiste em três projectos, nomeadamente:

O Projecto de Conectividade e Transportes Rurais (CTR) visa reduzir o custo dos transportes na província da Zambézia, aumentar a resiliência da rede rodoviária, melhorar o acesso aos serviços sociais e promover a mobilidade das mulheres. O Projecto de Promoção da Reforma e do Investimento na Agricultura (PRIA) visa aumentar os investimentos agrícolas e a produtividade e os rendimentos dos pequenos agricultores e de outros actores na cadeia de valor em Moçambique. O Projecto de Meios de Subsistência Costeiros e Resiliência Climática (CLCR) visa ao combate a degradação dos ecossistemas costeiros, incluindo a sobre-exploração das pescas, para que os ecossistemas mais produtivos sejam restaurados à sua função.

Objectivo do cargo

O Director de Operações (COO) é responsável por supervisionar as funções administrativas, operacionais e técnicas do dia a dia da implementação do Compacto pela MCA-Moçambique e serve como Director da Unidade de Gestão de Projectos da MCA. O COO apoia o CEO, auxiliando na gestão da criação, implementação e encerramento do Compacto através da integração eficiente e operação eficaz dos principais projectos da MCA-Moçambique e funções de apoio operacional e de programa relacionadas. O COO é também responsável por garantir que os projectos sejam implementados de acordo com as orientações e padrões do Compacto e da MCC e que sigam todos os procedimentos descritos nas orientações da MCC para a MCA. O COO e a sua equipa devem desenvolver os procedimentos e a cultura adequados para monitorizar e controlar continuamente a integração dos projectos, das finanças, das aquisições e da administração. O COO responde directamente ao CEO; o COO desenvolve e mantém os controlos e processos necessários para garantir que a informação que chega ao CEO foi verificada através de procedimentos que asseguram a tomada de decisões e a comunicação adequadas e atempadas.

O COO responderá ao Director Executivo e estará totalmente baseado em Maputo, Moçambique.

Principais responsabilidades

  • Prestar aconselhamento e apoio operacional e estratégico ao Director Executivo.
  • Liderar a coordenação geral da implementação do projecto, assegurando que os projectos do Compacto estão alinhados e que os quadros transversais (por exemplo, Género e Inclusão Social, Desempenho Ambiental e Social, Monitorização e Avaliação) são implementados e, que estes projectos podem atingir os objectivos estabelecidos no prazo de cinco anos do Compacto.
  • Avaliar os requisitos programáticos, estatutários e operacionais do Compacto e da MCC, determinar a adequação/relevância da concepção e dos resultados dos projectos e desenvolver as operações necessárias e os quadros programáticos, orçamentos e planos de recursos para assegurar a capacidade da MCA-Moçambique de produzir adequadamente os resultados do Compacto dentro dos prazos e custos definidos.
  • Formular planos de implementação, incluindo a preparação de orçamentos, pacotes de pedidos de desembolso, planos de trabalho, planos de aquisição e planos de monitoria e avaliação, para o Director Executivo da MCA-Moçambique submeter ao Conselho de Administração e a MCC.
  • Representar o programa da MCA-Moçambique junto das partes interessadas no projecto (por exemplo, com as contrapartes do governo nacional/local, agências reguladoras, sociedade civil, beneficiários do projecto, etc.) e expandir a rede de colaboração da MCA para novas parcerias que a sustentarão ao longo da implementação e encerramento do compacto.
  • Informar a MCC, o Conselho de Administração da MCA-Moçambique, a direção e outras partes interessadas sobre o Compacto, para garantir que o progresso geral seja partilhado e que mudanças significativas na concepção do projecto, problemas com recursos e relações de colaboração sejam comunicadas juntamente com os riscos e estratégias de mitigação.
  • Estabelecer as equipas de projecto através do recrutamento de Directores de Projecto e identificação de recursos técnicos (por exemplo, consultores externos e recursos técnicos) que estejam alinhados com as necessidades programáticas e estratégicas da MCA-Moçambique.
  • Supervisionar o desenvolvimento, implementação e actualização periódica do Plano de Monitoria e Avaliação do Compacto, de acordo com os requisitos da MCC e das principais partes interessadas.
  • Assegurar que as operações da MCA-Moçambique estejam em total conformidade com os regulamentos locais e com as políticas e procedimentos da MCA e da MCC.
  • Assegurar a melhoria contínua da eficiência operacional na implementação do compacto usando a informação produzida pela MCA-Moçambique para fornecer recomendações, correcções intermédias e lições aprendidas.
  • Supervisionar vários Directores de Projecto, para garantir a gestão eficaz do programa/projecto, a troca atempada de informações relevantes, a identificação e gestão de riscos e o cumprimento das políticas e procedimentos da MCC.
  • Gerir o trabalho dos funcionários da MCA-Moçambique usando métodos de avaliação padrão orientados para os resultados e prémios baseados no desempenho e fazer recomendações ao Director Executivo sobre a retenção de pessoal e questões relacionadas.

Competências necessárias

  • Mestrado ou equivalente em administração de empresas, desenvolvimento internacional, economia do desenvolvimento, engenharia, administração pública, gestão de construção ou domínio relevante.
  • A certificação profissional em gestão de projectos, construção de estradas ou obras públicas é uma vantagem.
  • Um mínimo de 12 anos de experiência operacional relevante em gestão sénior e/ou gestão de programas em organizações públicas e/ou privadas de renome (de preferência no sector das infra-estruturas rodoviárias, engenharia civil ou construção), entidade financiada por doadores de grande escala e/ou agência governamental que lide com processos empresariais rápidos, complexos e multidisciplinares, incluindo engenharia eléctrica ou actividades técnicas intersectoriais (género e inclusão social, monitorização e avaliação), na implementação de programas de dimensão e complexidade semelhantes.
  • Experiência comprovada e competências de gestão comprovadas na liderança de equipas multidisciplinares com, pelo menos, quinze (15) pessoas.
  • Vasta experiência na concepção de programas e gestão de projectos, incluindo a integração de várias disciplinas necessárias para a execução eficaz de projectos.
  • Experiência comprovada na gestão de finanças públicas e/ou aquisições com parceiros técnicos e financeiros bilaterais ou multilaterais.
  • Uma sólida experiência de colaboração operacional e produtiva com, pelo menos, duas das seguintes partes interessadas: Governo (a nível nacional e local), sociedade civil, organizações não-governamentais, sector privado e parceiros técnicos e financeiros internacionais.
  • A familiaridade com a gestão das finanças públicas e/ou com os sistemas de gestão de projectos de doadores é uma vantagem.
  • Capacidade de construir e manter relações produtivas com uma série de actores, incluindo funcionários do governo nacional e local, organizações da sociedade civil e doadores internacionais.
  • Experiência na execução de programas e projectos que envolvam a assistência de parceiros de desenvolvimento e conhecimento das regras internacionais em matéria de concursos.
  • Experiência em gestão de projectos centrados nos resultados.
  • Constitui vantagem a familiaridade com as políticas e os procedimentos da MCC, da USAID, do BAD, do Banco Mundial e/ou de outras organizações internacionais de desenvolvimento.
  • Conhecimentos de informática em processamento de texto, folhas de cálculo, Internet e familiaridade com gestão de projectos e sistemas de informação de gestão.
  • Excelentes capacidades de comunicação oral e escrita em Português e Inglês.

Como candidatar-se

As candidaturas devem ser apresentadas online até às 23:59h, hora de Maputo, do dia 6 de Maio de 2024.

  • As candidaturas enviadas por e-mail ou por outros meios não serão aceites.

As candidaturas electrónicas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos

  • Curriculum vitae (preferencialmente em português e inglês) contendo experiência profissional detalhada (por favor use o guia de CV disponível para download no final da descrição da vaga em Mozambique_Tenderwell Jobs).
  • Carta de apresentação confirmando interesse e disponibilidade.
  • Cópias dos certificados de habilitações literárias do ensino superior e profissionais;
  • Submeter a sua candidatura online através de Mozambique_Tenderwell Jobs

Em caso de dúvidas, pode contactar a equipa de recrutamento através do e-mail mozambique@developmentaid.org

Esta vaga enquadra-se na faixa salarial F. Para mais detalhes sobre a faixa salarial consulte o anexo sob o nome ´´Escalas Salariais MCA-Moçambique/MCA- Moçambique Salary Scales''   A presente descrição do cargo está sujeita a revisões/actualizações, conforme necessário, para garantir a conformidade com a direção e estrutura estratégicas da organização. As revisões da descrição estão sujeitas às políticas e procedimentos aplicáveis em matéria de recursos humanos e as versões oficiais de cada descrição do cargo são mantidas pelos recursos humanos.